Zelensky se diz “disposto a falar com Putin, mas sem ultimato”

O presidente da Ucrânia, Volodymir Zelensky, está “pronto para conversar” com o líder russo, Vladimir Putin, “mas sem ultimato”, e também para uma troca com Moscou que permita “salvar os vivos e tirar os mortos” da siderúrgica Azovstal.

Em trechos de uma entrevista que concedeu à emissora italiana “Rai” e que irá ao ar na íntegra ainda hoje, Zelensky afirmou que as negociações com Moscou são difíceis, porque “todos os dias os russos ocupam vilarejos, muitas pessoas deixaram suas casas, foram mortas pelos russos”, e os cidadãos ucranianos sofrem “tortura e assassinato”, o que “complica muito as coisas”. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e