Violência em Quito marca jornada de protestos contra presidente do Equador

Um violento confronto entre manifestantes e policiais em Quito, nas proximidades da sede da Presidência, marcou uma terça-feira de protestos sociais no Equador, que teve saldo de 37 pessoas presas e ao menos cinco feridas.

O palco do confronto na capital do país foi a histórica Praça de Santo Domingo, onde manifestantes convergiram após uma passeata de menos de dois quilômetros que havia sido convocada por sindicatos e organizações sociais. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e