Vereadora de Mesquita, Ana Cris Gêmeas, retorna à Câmara

Uma decisão de agravo proferida pelo Tribunal de Justiça do Rio deu o novo tom a ser adotado a partir de agora

Após seu afastamento da Câmara dos Vereadores de Mesquita, a vereadora Ana Cris Gêmeas retorna ao seu cargo, com a indeferição da liminar que a tinha afastado. Diz a decisão de agravo de instrumento, proferido pela Justiça do Rio de Janeiro:

“Trata-se de mandado de segurança impetrado por Ana Cristina Pelinca do Amaral de Melo em face de Saint’Clair Esperança Passos. Aduz a impetrante, em síntese, que foi instaurada Comissão Parlamentar de Inquérito pelo impetrado em seu desfavor, sem observar, contudo, o rito processual, com o intuito de perseguição política, requerendo, liminarmente, a suspensão da CPI em questão.”

Por ser a única mulher na Câmara de Mesquita, todos os olhares se voltaram a ela, a única denunciante de posição, sofrendo também com uma CPI. Veja a decisão do Tribunal de Justiça do Rio.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e