Vereador Gabriel Monteiro é alvo de operação no RJ

Monteiro é ex-PM, youtuber e no momento passa por um processo de representação na Câmara Municipal do Rio. Contra o parlamentar, recaem acusações de assédio moral e sexual, além de agressões

A Polícia Civil do Rio de Janeiro cumpre nesta quinta-feira (07), mandado de busca e apreensão contra o vereador Gabriel Monteiro (PL). Os agentes estão na casa do parlamentar, no condomínio Mansões, Zona Oeste da capital, e na Câmara dos Vereadores.

Monteiro é ex-PM, youtuber e no momento passa por um processo de representação na Câmara Municipal do Rio. Contra o parlamentar, recaem acusações de assédio moral e sexual, além de agressões.

Outras seis pessoas são alvos da operação — são assessores e ex-funcionários de Gabriel. Todos os mandados foram expedidos pelo Plantão Judiciário.

O vereador acumula 6,2 milhões de inscritos em seu canal no YouTube. Ele foi o terceiro mais votado para a Câmara do Rio de Janeiro, ficando atrás apenas de Carlos Bolsonaro (Republicanos) e Tarcisio Motta (PSOL).

Processo de cassação de mandato

Na terça-feira (6), o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal do Rio de Janeiro decidiu apresentar uma representação com pedido de cassação do mandato do vereador.

“A decisão foi unânime mediante aos fatos já divulgados na mídia, mediante ao que foi discutido e debatido amplamente pelo Conselho de Ética”, disse o presidente do Conselho de Ética, vereador Alexandre Isquierdo (DEM). CNN

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e