Vasco: pênaltis viram martírio para torcedores

O Vasco já teve nove penalidades este ano no Brasileirão, mas só converteu as cobranças em gol por cinco vezes. Após o argentino Máxi Lopes ir embora para o futebol italiano, Yago Pikachu virou o cobrador oficial, mas depois de perder duas cobranças seguidas contra Flamengo e Cruzeiro, perdeu o cargo para Danilo Barcelos. O lateral esquerdo converteu a chance que teve contra o Athletico-PR, porém não jogou contra o Atlético-MG por questões contratuais, e viu Rossi estufar as redes do Galo. No último sábado (5), contra o Santos, apesar de confiante, o atacante bateu mal e acabou deixando escapar a oportunidade para o goleiro Éverson. O jogo em São Januário àquela altura ainda estava 0 a 0 e o pênalti poderia ter dado rumos diferentes a partida que acabou sendo vencida pelos santistas por 1 a 0.

Ao que parece, Danilo Barcellos será a aposta do técnico Vandelei Luxemburgo para futuros pênaltis a favor do Vasco. O treinador vai tentar reabilitar o Gigante da Colina no campeonato, na próxima quinta-feira (10), contra o Avaí, no estádio da Ressacada, em Santa Catarina.

Para este jogo, o Vasco não vai contar com Lendro Castan e Marrony suspensos por cartão amarelo. O zagueiro Ricardo Graça e o atacante Ribamar são os prováveis substitutos.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e