Um remédio

Nos quatro cantos do mundo a desordem econômica, a corrupção, a ladroagem, a apropriação do nosso suor de cada dia (tributos e mais tributos), a traição ao povo dos que são eleitos pelo próprio povo (Legislativo e Executivo) e dos que são indicados para fazerem justiça(o poder judiciário), a banalização da violência, a fome, a guerra “disfarçada” e a declarada das armas, das artimanhas diplomáticas à conquista de poder de poucos sobre muitos para a obtenção de mais e mais ignorância do povo, cuja a arma eficaz e mortífera, a mídia falada, escrita e principalmente televisiva, massacra a mente das pessoas levando a sociedade a instabilidade de sua sobrevivência humana. Esse estado de coisas, atitudes malévolas, é um vírus mais poderoso do que qualquer outro já conhecido, que está sendo implantado em nós. Ele é o vírus da reclamação, da indignação e da crítica desmesurada.

Esse vírus está contaminado nossas mentes, ininterruptamente e volumosamente. Observe o quanto reclamamos, criticamos e nos indignamos a todo o tempo. Por extensão fazemos os mesmo sem consciência plena, às pessoas que nos cercam: colegas, amigos, parentes, filhos, cônjuges e até a nós mesmos. Essa epidemia está colocando em dúvidas valores nobres a serem conservados e, se isso continuar, é o fim da nossa linha, pois estaremos de vez embrutecidos.

Vamos tomar as rédeas de nossa consciência e para isso sugiro uma estratégia: coloque um pedaço de papel em um bolso e quando for criticar, reclamar, pegue o papel e troque de bolso. Pode ser um anel, uma aliança que poderá ser trocada de dedo ou outro expediente, que considerar mais confortável e eficaz. Essa prática vai iluminar facetas de sua consciência e do íntimo de sua alma e sentirás mais leve, lúcido e “desestressado”. Começarás a resgatar uma sensação de vida mais sublime.

Declare guerra também, só que a esse vírus.

Por

* Cientista Social, Pesquisador e Consultor de Desenvolvimento Humano e Empresarial. Especilizações em Psicologia Social, Análise Transacional, Administração Mercadológica, Psicodrama e Dinâmica de Grupo. Autor de livro e de programas de treinamento comportamental, com reconhecimento científico a nível nacional.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e