UE expressa apoio a manifestantes cubanos e pede libertação de detidos

A União Europeia (UE) expressou nesta quinta-feira “apoio inequívoco” aos cidadãos de Cuba após os protestos contra o governo realizados no dia 11 de julho e pediu para que as autoridades cubanas libertem os detidos.

“Apoiamos inequivocamente o direito de todos os cidadãos cubanos a expressarem pacificamente seus pontos de vista, a pedirem mudanças”, declarou o alto representante da UE para Política Externa, Josep Borrell, em comunicado. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e