UE considera declaração de Lavrov sobre Hitler “inaceitável”

O vice-presidente da Comissão Europeia, Margaritis Schinas, definiu nesta segunda-feira como “inaceitável” e “escandalosa” uma declaração do ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, que equipara o presidente da Ucrânia, Volodymir Zelensky, a Adolf Hilter por causa de suas “origens judaicas”.

“Estes comentários perpetuam a narrativa ultrajante sobre a ‘desnazificação’ da Ucrânia, são objetivamente falsos, distorcem e banalizam o Holocausto, o genocídio de 6 milhões de judeus”, disse Schinas em sua conta no Twitter. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e