Ucrânia e separatistas trocam 200 prisioneiros; Brasileiro está entre eles

O governo da Ucrânia e separatistas pró-Rússia trocaram 200 prisioneiros de guerra nesse domingo (29), em um ponto da linha de separação em Donbass, na primeira ação deste tipo desde 2017, que é resultado da retomada da conversas entre os presidentes ucraniano, Vladimir Zelenski, e russo, Vladimir Putin.

Entre os envolvidos na troca, realizada em Horlivka, controlada pelos rebeldes, estão soldados, milicianos, mercenários, policiais e ativistas de alguns grupos. Alguns estavam presos desde o início do conflito, em 2014, em que mais de 13 mil pessoas morreram. EFE

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e