Tremores de terra são sentidos no Rio Grande do Norte

O primeiro evento, de magnitude 2,4 na escala Richter, foi registrado por volta de 0h34

Dois tremores de terra foram sentidos no litoral do Rio Grande do Norte nesse domingo (31). O epicentro ocorreu no Oceano Atlântico.

O primeiro evento, de magnitude 2,4 na escala Richter, foi registrado por volta de 0h34. Segundo informações recebidas pelo Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o tremor foi sentido por moradores do município de Maxaranguape, a 40km de Natal, e por moradores de Maracajaú, a 50 km da capital.

Já por volta das 19h do mesmo dia, um segundo tremor de magnitude 3,7 na escala Richter foi registrado pelas estações sismográficas nas mesmas regiões do evento anterior, e também na capital, Natal, conforme relatos de moradores nas redes sociais.

Essa é a atividade sísmica mais forte registrada pelo Laboratório Sismológico da UFRN desde janeiro deste ano, quando outro sismo da mesma magnitude foi registrado em Marabá, no Pará.

O maior terremoto no Rio Grande do Norte, no entanto, aconteceu em 1986. Na ocasião, o fenômeno de magnitude 5,1 fez casas desabarem no município de João Câmara.

Segundo a Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM), vinculada ao Ministério de Minas e Energia, no Brasil ocorrem, a cada ano, em média, 20 sismos de magnitude maior que 3 pontos na escala Richter, com dois deles com magnitude maior que 4 a cada ano.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e