Transformers: O Último Cavaleiro nos cinemas

Diretor fala sobre no novo filme da franquia 'Transformers' em passagem pelo Brasil

Print page

 

Fotos: Louise Duarte

O mais novo filme do diretor Michael Bay, ‘Transformers: O Último Cavaleiro’, estreou em julho no Brasil e é o mais recente filme da franquia ‘Transformers’, a qual já chegou aos cinemas com duas continuações confirmadas, além de um filme solo do personagem Bumblebee.

Com roteiro de Art Marcum, Matt Holloway e Ken Nolan, o filme inicia uma nova fase da franquia que além de dar continuidade a luta intergalática entre os Autobots e Decepticons, também mostrará uma nova história.

Caçados por humanos por todo o planeta após os eventos ocorridos no filme anterior, o caos na Terra por causa da luta dos Transformers versos humanos se torna cada vez mais complicado. Isso porque os governos querem exterminar todos os robôs alienígenas e tornar o planeta novamente só dos humanos, enquanto alguns como Cade Yeager (Mark Wahlberg) acha errado o genocídio da espécie e protege todos que podem.

Em meio as lutas um milenar segredo é revelado, sobre o passado da humanidade ao lado dos robôs alienígena, que mostra ser mais antiga do que se pensava. Enquanto isso, o autobot Optimus Prime deixou a Terra em busca de seu planeta natal e seu criador.

Michael Bay no Brasil

O diretor incluiu São Paulo em seu tour mundial de divulgação do filme e sua passagem pelo Brasil contou com a presença de uma das atrizes do elenco, a jovem Isabela Moner que completou 16 anos durante a rápida passagem pelo país.

Pela terceira vez no Brasil, a primeira em São Paulo, Michael Bay falou a imprensa e revelou que seria interessante filmar algo no Brasil. Esse é o quinto filme da franquia e o primeiro a ser rodado em cameras 3D Imax, que torna a qualidade superior aos filmes anteriores que foram todos convertidos do 2D para o 3D.

Durante a passagem por São Paulo, Michael Bay falou sobre a ligação de Steven Spielberg, dez anos atrás, onde o convidava para o projeto do primeiro Transformers, que seria sobre um jovem e seu primeiro carro, o qual seria na verdade um robô alienígena.

“Conheço o Steven a um tempo e pensei: Isso é uma ideia ruim”, brincou Bay. O diretor comentou que chegou a visitar a fábrica onde os brinquedos que inspiraram os desenhos eram feitos, pois não conhecia a animação. Só então ele conseguiu pensar em tornar os famosos robôs alienígenas algo cinematograficamente real.

“Os filmes de ‘Transformers’ são estranhos, porque começaram pequenos e ficam cada vez maiores. Você pode fazer o que quiser. Eles são juvenis, audaciosos e divertidos. Acho que são filmes malucos, mas foi uma ótima jornada.”

‘Transformers: O Último Cavaleiro’ é uma produção para os fãs de ação, com dose de ficção científica. O filme está em cartaz nos cinemas brasileiros em cópias legendas e dubladas, para salas 2D e 3D, especialmente feito para as salas Imax.

O filme estreou no Brasil quase um mês após a estreia mundial e já tinha arrecadado mundialmente quase 500 milhões nas bilheteria. No Brasil, após uma semana em cartaz, o filme tirou o primeiro lugar de ‘Homem-Aranha: De Volta ao Lar’.

Por

Comentários estão fechados.