Tradições de 5 países latino-americanos se tornam patrimônio da Unesco

A Fiesta Grande de Tarija, na Bolívia; o canto e a poesia de El Pasillo, no Equador; as festividades de Corpus Christi no Panamá; a cerâmica do povo Awajún, no Peru; e as celebrações em torno de São João Batista na Venezuela fazem parte, a partir de hoje, do patrimônio intangível da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

A decisão foi tomada nesta terça-feira durante a 16ª reunião do Comitê Intergovernamental para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Intangível da Unesco, que analisou 45 outras candidaturas provenientes dos cinco continentes. Um deles, também aceito na reunião de hoje, é o apresentado por 24 países de Ásia, África e Europa sobre a arte da falcoaria. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e