Tecidos assimétricos: em quais peças eu posso usar?

Não sabe muito sobre essa tendência fashion e nem como adotá-la em seu dia a dia? Nós temos boas dicas para você

Uma tendência de roupas femininas casuais é o tecido assimétrico. Saída do desfile de diversas grifes, a assimetria tem tomado as ruas dos principais centros de moda no Brasil e no mundo.

O conceito das roupas assimétricas é bem simples e garante muita personalidade a quem está usando a peça. Não sabe muito sobre essa tendência fashion e nem como adotá-la em seu dia a dia? Nós temos boas dicas para você.

Como é a assimetria nas roupas?

A assimetria é uma espécie de sobra proposital de tecido. Mas, se antigamente isso podia ser entendido como um erro do designer ou do costureiro, a moda atual garante que esses retalhos remanescentes nas roupas fiquem bem estilosos e fashions.

A intenção é brincar um pouco com a proporção visual das peças, gerando elementos que contrastam com o ar super certinho das roupas. Os acabamentos ficam mais relaxados e, também por isso, são mais espirituosos, mais divertidos e mais soltinhos.

Além disso, se a gente reparar bem, os tecidos assimétricos criam a ilusão de mais camadas e de volume nos looks, realçando outra tendência fashion.

Onde e quando usar a assimetria?

Esta é uma moda urbana que quer dar um ar mais divertido para os looks. Por isso, é possível adotá-la em situações mais informais, como passeios e jantares, mas sinta-se à vontade para usá-la também no ambiente de trabalho.

Neste caso, opte por tecidos mais pesados e discretos, como o tricô. É importante também evitar as saias mais curtas, já que os dress code tendem a reprovar peças muito curtas para situações mais formais.

Além disso, essa moda vai muito bem tanto de dia quanto de noite. Se você quiser criar um look mais sexy, para um date, por exemplo, pense em tecidos que trabalham mais a sensualidade, como os couros e as transparências.

Roupas assimétricas

A assimetria é uma moda bem contemporânea. Seu intuito é, justamente, quebrar um pouco com a exatidão dos acabamentos das roupas. E o legal é que não há muita restrição de peças.

Ao contrário, os estilistas das mais diversas grifes têm criado roupas assimétricas das mais improváveis como calças, coletes masculinos e vestidos, inclusive os de gala. Muitas atrizes de Hollywood têm usado o assimétrico nos red carpets.

Agora, para usar no dia a dia, as peças mais comuns de encontrarmos a assimetria são as saias e vestidos, casacos e as camisas de manga longa.

Saias e vestidos assimétricos

As saias assimétricas podem ser nos mais diversos comprimentos, desde as bem curtinhas até as do tipo midi que são mais longas e sérias. Para quem quer adotar a tendência dos assimétricos, a saia é, definitivamente, um item must have.

Elas criam um ar cool e descolado para as produções. E, ao mesmo tempo, mantêm certa sofisticação e elegância. A assimetria pode ficar na parte da frente ou na parte detrás. Há também aquelas que exploram a lateralidade dos corpos.

Além da assimetria, as saias podem ter outros detalhes como os laços transpassados.

O mesmo acontece com os vestidos que podem ter, por exemplo, caudas mais longas do que o comprimento geral da peça. Para aquelas que gostam de looks mais sensuais, há modelos que têm fendas mais acentuadas, justamente por explorarem a diferença de comprimentos.

Casacos assimétricos

Se você quer se proteger do friozinho que está chegando e ainda assim manter-se na moda pode optar por casacos assimétricos. Blazers, ponchos e cardigãs têm explorado essa diferença de comprimentos.

Eles podem vir nos mais diferentes tecidos, como a lã batida, o tricô, a viscose. Também são de diversas cores e estampas. A assimetria fica, em geral, nas mangas.

Os casacos assimétricos dão um ar elegante e discreto às produções e é possível usá-los com jeans e calças legging, por exemplo.

Camisas assimétricas

Elas estão com tudo. A assimetria, neste caso, pode ficar, por exemplo, no comprimento diferente da frente e da parte posterior da roupa. Também podem ter mangas e golas assimétricas.

Neste caso, é possível combiná-las com saias, calças e mesmo macacões. É interessante manter certo equilíbrio de proporções, então, evite que essas peças também tenham detalhes assimétricos para não ficar muita informação.

Agora que você sabe melhor sobre a moda assimétrica, qual peça vai escolher para entrar na moda?

Por

Webjornal O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e