Suprema Corte permite clínicas a seguir luta contra lei antiaborto do Texas

A Suprema Corte dos Estados Unidos permitiu nesta sexta-feira que um grupo de clínicas que realizam abortos continuem, em instâncias menores, lutando com a lei do Texas, que proíbe a maioria das interrupções de gravidez depois de seis semanas.

No entanto, o tribunal permitiu que a normativa siga vigente no estado, enquanto segue a batalha sobre a validação do texto. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e