São Paulo registra recorde de internações por Covid desde o início da pandemia

Anteriormente, o recorde foi registrado em 14 de julho de 2020, com 15.289 pessoas internadas, sendo 9.116 em enfermaria e 6.173 em UTI

O Estado de São Paulo registrou no sábado (27)  recorde de internações com 15.517 pessoas hospitalizadas. Dessas, 8.506 foram em leitos de enfermaria e 7.011 em leitos de unidade de terapia intensiva (UTI). 

Anteriormente, o recorde foi registrado em 14 de julho de 2020, com 15.289 pessoas internadas, sendo 9.116 em enfermaria e 6.173 em UTI.

Na última semana, de 21 a 28 de fevereiro, São Paulo registrou a média de 6.636 pessoas em UTIs, além da média de 14.408 internados no total. 

Na semana anterior, de 14 a 20 de fevereiro, a média de pessoas internadas foi de 12.888, enquanto especificamente sobre a ocupação de leitos de UTI foi de 6.057.

Da semana de 14 a 20 para a de 21 a 28, foi registrado o aumento de  11,7% na média total de hospitalizados, enquanto o crescimento na média de pessoas internadas em UTI foi de 9,5%.

Dos dez dias com maior número de pessoas internadas em São Paulo, três foram registrados em fevereiro deste ano: 14.809 no dia 25, 15.173 no dia 26 e, agora, 15.517 no dia 27 de fevereiro. O restante foi contabilizado em julho de 2020.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e