Saiba como remover o perfil de uma pessoa falecida das redes sociais

Perfis de pessoas falecidas podem ser apagados das redes sociais ou transformados em homenagens por meio das memórias e lembranças contidas neles

Muitas vezes quando fatalidades acontecem na vida nem sempre pensamos em todos os detalhes que envolvem a pessoa que se foi. Um fator importante e a ser considerado hoje, é como terminar com perfis de pessoas que faleceram. Muitos não sabem, mas é possível excluí-los.

As pessoas não têm o hábito de deixar senhas com parentes ou amigos. Por este motivo nos deparamos com mensagens automáticas, e outras de pesar, sendo enviadas para os perfis de pessoas que nos deixaram. Algo que se torna muito doloroso para familiares e amigos, que também estão nas redes sociais. Uma solução para amenizar um pouco o sofrimento, seria a desativação do perfil. Mas como fazê-lo?

 Uma alternativa é entrar em contato diretamente com a rede social e informar o falecimento, preencher um formulário que exigirá uma cópia da certidão de óbito. Não é um processo rápido, uma vez que eles farão a verificação dos dados e o retorno não será imediato. Mas é importante buscar saber se a rede social possibilita a ação e de que forma fazer a solicitação.

Outra maneira, seria através de um testamento virtual. É um serviço pago, onde a pessoa deixa todos os seus logins e senhas informados, e em caso de morte, os “beneficiários” entram em contato com o serviço para recuperação dos dados.

Veja exemplos de como agir em algumas redes sociais:

Facebook – Nele você pode transformar o perfil em um memorial. Você pode ainda em vida, definir quem será o herdeiro digital de sua conta através da opção propriedade e controle de conta, que fica dentro da aba configurações – suas informações no Facebook. Assim a pessoa não aparecerá mais nas sugestões de amigos, nem poderá ser adicionada por outros usuários. Mas, caso opte pelo cancelamento do perfil, deverá enviar a cópia da certidão de nascimento, óbito e um documento para comprovar que é o representante legal.

Twitter – Para deletar o perfil você precisará enviar a documentação via email. Caso não deseje, você poderá esperar que a desativação aconteça de forma automática, uma vez que após alguns meses sem efetuar login a conta é cancelada.

Linkedin  Você pode solicitar o cancelamento online via formulário, porém será necessário informar o e-mail que a pessoa falecida utilizou para registro na rede social.

Instagram – Existem duas opções, transformar a conta em um memorial ou solicitar que ela seja deletada. Para solicitar que seja deletada você precisa ser um familiar. A solicitação é feita pela Central de Ajuda do Instagram. Será preciso ter uma prova do falecimento, seja ele um artigo de jornal ou um obituário.

Outras contas do Google – Caso os serviços sejam do Google (Youtube, Gmail e Google +), solicite que a empresa apague a conta @gmail do usuário. Será preciso o envio da certidão de óbito digitalizada.

Serviços de testamentos digitais:

Legacy Locker – Nele pode ser destinado um legado virtual a mais de um beneficiário.

YouDeparted ou AssetLock – É possível fazer um upload de fotos e documentos importantes, além de despedidas.

Slightly Morbid – Este serviço notifica os amigos do falecimento da pessoa.

Por

cristiane.lopes@oestadorj.com.br

* Jornalista e especialista em Gestão Cultural. Amante da cultura e das artes.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e