Rússia nega planos de invasão e que enviou 100 mil soldados a fronteira

Em discurso no Conselho de Segurança da ONU, o embaixador da Rússia nas Nações Unidas, Vasily Nebenzya, negou nessa segunda-feira que seu país pretende invadir a Ucrânia e que tenha destacado 100 mil soldados perto da fronteira.

“Não há nenhuma invasão planejada, ninguém disse isso, muito pelo contrário”, afirmou, além de acrescentar que por trás dessas informações, amplamente divulgadas pelo próprio governo ucraniano e pelos países ocidentais, está “um engano da opinião pública” com o objetivo de “lavar o cérebro dos ucranianos e impregná-los de russofobia”. EFE

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e