Rússia interromperá fluxo de gás para Finlândia no sábado

A maior parte do gás utilizado na Finlândia vem da Rússia, mas o gás representa apenas cerca de 5% do seu consumo anual de energia do país

A empresa russa Gazprom informou à Finlândia que interromperá os fluxos de gás natural ao país a partir de sábado de manhã, disse a companhia de gás estatal finlandesa Gasum nesta sexta-feira.

A Gasum se recusou a pagar à Gazprom Export em rublos, como a Rússia solicitou aos países europeus.

“É altamente lamentável que o fornecimento de gás natural sob nosso contrato agora seja interrompido”, disse o presidente-executivo da Gasum, Mika Wiljanen, em comunicado.

“No entanto, estamos nos preparando cuidadosamente para esta situação e desde que não haja interrupções na rede de transporte de gás, poderemos fornecer gás a todos os nossos clientes nos próximos meses”, afirmou.

A Gasum disse que continuará fornecendo gás para clientes finlandeses de outras fontes através do gasoduto Balticconnector que liga a Finlândia à Estônia.

A Gasum havia alertado na quarta-feira que a Rússia poderia cortar o fornecimento de gás devido ao conflito sobre os pagamentos em rublos.

A maior parte do gás utilizado na Finlândia vem da Rússia, mas o gás representa apenas cerca de 5% do seu consumo anual de energia do país.

A Gazprom não respondeu imediatamente a um pedido de comentário. Reuters

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e