Rússia admite que sua economia deve mudar para não retroceder à era soviética

A Rússia reconhece que sua economia deve mudar como resultado das sanções ocidentais sem precedentes em represália à campanha militar na Ucrânia, a fim de evitar retroceder aos tempos da União Soviética, para o que deve reduzir sua dependência das exportações e estimular a iniciativa privada, segundo destacou nesta quinta-feira o Banco Central russo.

“As condições externas mudaram há muito tempo, para não dizer para sempre”, disse a presidente do Banco Central da Rússia (BCR), Elvira Nabiulina, durante uma conferência no Fórum Econômico Internacional em São Petersburgo. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e