Relator da ONU diz que degradação ambiental no Brasil é “extremamente grave”

O relator especial sobre substâncias tóxicas e direitos humanos da ONU, Marcos Orellana, afirmou que a degradação ambiental no Brasil é extremamente grave e acusou o presidente Jair Bolsonaro de utilizar a covid-19 e a guerra na Ucrânia para justificar políticas agressivas e lesivas para o futuro do planeta.

Em uma entrevista concedida à Agência Efe na véspera do início da primeira cúpula do Acordo de Escazú. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e