“Reciclagem digital” pode economizar até 3 bilhões de folhas de papel em todo mundo

Documentos assinados eletronicamente podem eliminar a necessidade de reciclagem e redução de 100% o uso de folhas papel e documentos jurídicos das empresas

As mudanças de consumo de papel das empresas podem diminuir a produção de mais papel; consequentemente, menos destruição da natureza e menos cortes de árvores, e podem aumentar o compromisso das pessoas com o meio ambiente se elas sentirem que as empresas estão contribuindo com isso. A sigla GED significa “Gerenciamento Eletrônico de Documentos ou Gestão Eletrônica de Documentos”. Em geral, podemos descrever GED como um conjunto de tecnologias que permite a uma empresa gerenciar seus documentos em forma digital.

Podemos dizer que a maior responsabilidade por reduzir o uso de papel no Brasil é das empresas, segundo a pesquisa “Transformação Digital no Brasil: o que os clientes esperam”, em que 41% dos entrevistados afirmam que as empresas exigem o preenchimento de diversos formulários em papel e levantam dúvidas quanto ao cuidado com o meio ambiente.

Segundo Marco Américo, vice-presidente de operações Latam da DocuSign no Brasil, que fala sobre o impacto do consumo de papel no planeta,  a maior dificuldade no Brasil para a mudança de 100% da documentação para a forma digital é apenas cultural: “O uso de folhas de papel é um dos grandes vilões entre as companhias de todo o mundo pelo seu alto custo para o meio ambiente e para os bolsos. Tornar o processo catalizado acelera a transformação digital e todos saem ganhando”.

Tecnologia ao invés de reciclagem

Diversas iniciativas para tornar os processos totalmente eletrônicos já foram implementadas em empresas de diferentes segmentos em todo o mundo, mas falta ainda a fase final: a assinatura de documentos. “Queremos ajudar executivos e funcionários a fazerem a transição digital e tornarem suas empresas totalmente paperless, assinando todos os documentos usando uma plataforma de assinatura eletrônica”, avalia Marco Américo.

A troca de papel reciclado, por exemplo, por assinaturas digitais já gerou uma economia de 3.444.590.364 folhas de papel em todo o mundo. Com isso, estima-se que a redução salve 722 mil árvores e evite o uso de 687 milhões de galões de água, fazendo com que 26 milhões de quilos de lixo não sejam eliminados na natureza, eliminando, inclusive, a reciclagem. Este processo pode reduzir a emissão de até 311 milhões de toneladas de carbono na atmosfera.

Segundo o Gartner Group GED, “a tecnologia que provê um meio ambiente facilmente de armazenar, localizar e recuperar informações existentes em documentos e dados eletrônicos, durante todo o seu ‘Ciclo de Vida’, permite que o documento digitalizado se torne uma cópia fiel e inteligente do documento original. Desta maneira, o uso do documento físico é quase zero e só fica necessário em alguns casos legais”.

Por

Webjornal O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e