PT aprova federação com PCdoB e PV

As federações permitem que dois ou mais partidos atuem de forma unificada e permanente durante as eleições e na legislatura, devendo permanecer com a união em âmbito nacional por no mínimo quatro anos

O PT aprovou a federação com PCdoB e PV durante uma reunião do diretório nacional do partido realizada nesta quarta-feira (13).

Cerca de 90 partidários estiveram presentes na sessão virtual, que também analisou e aprovou o estatuto da federação formada entre as siglas — cuja união já havia sido selada em março.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), nome da federação para concorrer às eleições presidenciais, não participou do debate porque retornava de Brasília a São Paulo.

Na pauta do encontro, também está a aprovação do nome de Geraldo Alckmin como pré-candidato à vice-Presidência da República na chapa com Lula. O ex-governador paulista foi indicado pelo PSB na última sexta-feira (8).

Além disso, o PT também deverá avaliar, na parte da tarde, a proposta de uma coligação com o PSB. Os partidos trabalhavam inicialmente com a ideia de formar uma federação, mas as negociações não avançaram.

Federações e coligações

As federações permitem que dois ou mais partidos atuem de forma unificada e permanente durante as eleições e na legislatura, devendo permanecer com a união em âmbito nacional por no mínimo quatro anos.

Elas foram promulgadas pelo Congresso Nacional em setembro de 2021, na Reforma Eleitoral, e julgadas constitucionais pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em fevereiro. Os partidos têm até o dia 31 de maio para definir se querem formar federações.

Já as coligações, que serão autorizadas nas eleições 2022 somente para o pleito majoritário — ou seja, para disputas de governos estaduais, Senado ou presidência da República –, são apoios entre os candidatos e partidos que podem ser celebrados de diferentes formas ao redor do país e que se mantêm limitados ao período eleitoral.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e