Procurador americano vincula presidente de Honduras a suposto traficante

O presidente de Honduras, Juan Orlando Hernández, voltou a ser vinculado nesta sexta-feira ao suposto traficante de drogas Geovanny Fuentes Ramírez durante a alegação final do procurador americano Michael Dennis Lockard, em julgamento aberto contra Ramírez, acusado de tráfico de cocaína e posse de armas.

“Tony Hernández (irmão do presidente hondurenho) é, assim como Juan Orlando Hernández, um dos parceiros de narcotráfico do acusado. É o homem que comandava o tráfico para Orlando”, afirmou Lockard, ao se referir a membros do júri durante o resumo das duas semanas de audiências desde o início do julgamento. EFE

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e