Primeiras-damas dos EUA e da Ucrânia se encontram na Casa Branca

De acordo com a Casa Branca, as primeiras-damas “discutirão o apoio contínuo dos Estados Unidos ao governo da Ucrânia e seu povo

A primeira-dama ucraniana, Olena Zelenska, está na Casa Branca nesta terça-feira (19) para se reunir em particular com a primeira-dama Jill Biden e participar de uma reunião bilateral com autoridades norte-americanas.

Zelenska foi recebida na Casa Branca pelo presidente Joe Biden e sua esposa, Jill Biden. O presidente entregou um grande buquê de flores para Zelenska quando ela saiu do carro e as duas primeiras-damas se abraçaram.

De acordo com a Casa Branca, as primeiras-damas “discutirão o apoio contínuo dos Estados Unidos ao governo da Ucrânia e seu povo, enquanto defendem sua democracia e lidam com os impactos humanos significativos da guerra da Rússia, que serão sentidos nos próximos anos”.

Zelenska participará primeiro de uma reunião privada com Biden, seguida de uma reunião bilateral ampliada com o segundo cavalheiro Douglas Emhoff, embaixador dos EUA nas Nações Unidas Linda, Thomas-Greenfield, vice-administradora da Agência dos EUA para o Desenvolvimento Internacional, Isobel Coleman, subsecretária de Estado para Assuntos Políticos, Victoria Nuland, e Cirurgião Geral dos EUA, Vivek Murthy.

Durante a reunião bilateral, diz a Casa Branca, as primeiras-damas vão falar sobre como “os Estados Unidos podem continuar a aliviar o sofrimento através do apoio e assistência humanitária ao povo ucraniano, e a necessidade de responsabilizar os responsáveis ​​por crimes de guerra e outras atrocidades”.

Zelenska está em Washington esta semana para destacar o custo humano da guerra em curso da Rússia contra a Ucrânia. Ela se encontrou com o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, e a administradora da USAID, Samantha Power, na segunda-feira, e está programada para fazer comentários aos membros do Congresso no Capitólio na manhã de quarta-feira.

Biden e Zelenska se conheceram pessoalmente em maio, quando Biden fez uma viagem furtiva à Ucrânia. As primeiras-damas haviam se comunicado antes do encontro, que foi a primeira vez que Zelenska saiu do esconderijo desde o início da invasão russa em fevereiro.

Durante a reunião fechada de uma hora, Zelenska compartilhou com Biden suas preocupações com a saúde emocional das crianças ucranianas. CNN

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e