PRF terá aplicativo para atender usuários das rodovias

A ideia é que o software tenha um botão de pânico, que possa ser acionado no caso de um acidente grave ou contato com criminosos

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deve desenvolver, até o fim do ano, um aplicativo voltado para os usuários das rodovias brasileiras. Segundo o diretor-geral da PRF, inspetor Silvinei Vasques, o público principal do novo produto será o caminhoneiro. A ideia é que o software tenha um botão de pânico, que possa ser acionado no caso de um acidente grave ou contato com criminosos.

A tecnologia também vem auxiliando a PRF em outras frentes. Já são mais de 40 serviços disponíveis ao cidadão por meio da plataforma Gov.br.

Segundo Vasques, a interligação de sistemas das agências de trânsito, de transporte e de segurança pública criam grandes big datas (bancos de dados) que alimentam as instituições policiais. “Então, é uma retroalimentação de informações, usando da tecnologia para minimizar custos, aumentar a nossa eficiência, a nossa presença e trazer ao cidadão mais segurança.”

O diretor-geral da PRF também falou sobre as parcerias com a iniciativa privada na questão de roubo de cargas e assalto a ônibus. “Nos locais onde as rodovias têm índice de segurança maior é natural que a economia se desenvolva melhor”, disse. Segundo ele, depois da concessão, a Avenida Presidente Dutra, no Rio de Janeiro, teve redução de 90% no roubo de carga.

Na entrevista, Vasques também falou sobre as ações sociais desenvolvidas pela PRF. De acordo com ele, o órgão já comprou uma carreta para atendimento dos caminhoneiros e comunidade lindeira e a expectativa é de adquirir mais um veículo.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e