Presidente do Irã pede união no Golfo Pérsico diante da presença dos EUA

O presidente do Irã, Hassan Rohani, pediu neste domingo (22) que os países do Golfo Pérsico se unam, para evitar que os Estados Unidos aproveitem as rupturas existentes na região e garantiu que o envio de tropas estrangeiras pode criar problemas.

“Estendemos a mão aos países vizinhos e, inclusive, estamos dispostos a esquecer dos erros do passado, porque hoje a situação é que os inimigos do islã e da região, ou seja, Estados Unidos e sionismo (Israel) querem se aproveitar dessa divisão entre nós”, afirmou o líder, durante discurso realizado em desfile militar.

Por

Webjornal O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e