Presidente do Chile é denunciado em Haia por crimes contra a humanidade

Organizações sociais apresentaram nesta quinta-feira, em Haia (Holanda), um pedido ao Tribunal Penal Internacional (TPI) para que julgue o presidente do Chile, Sebastián Piñera, por crimes contra a humanidade na repressão às manifestações populares de 2019, que tiveram saldo de cerca de trinta mortos e milhares de feridos.

De acordo com a petição, à qual a Agência Efe teve acesso, os atos denunciados foram “executados no contexto de um ataque generalizado ou sistemático contra uma população civil e com conhecimento de tal ataque” e são “constitutivos de crimes contra a humanidade”. EFE

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e