Presidente de Portugal antecipa eleições para 30 de janeiro

O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou nesta quinta-feira que vai dissolver o Parlamento e antecipar as eleições para 30 de janeiro, para tentar resolver a crise política causada pela rejeição do orçamento geral do país.

“Uma semana e um dia após a rejeição do orçamento de 2022, decidi dissolver a Assembleia da República e convocar eleições para 30 de janeiro de 2022”, disse Rebelo de Sousa em pronunciamento nacional, após fazer uma rodada de contatos com os principais agentes políticos portugueses na última semana. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e