Presidente de Israel classifica investigação do TPI como “escandalosa”

O presidente israelense, Reuven Rivlin, classificou como “escandalosa” a investigação anunciada nesta quarta-feira pela procuradoria do Tribunal Penal Internacional (TPI) sobre supostos crimes de guerra que envolvem Israel e milícias palestinas.

Rivlin comentou que as autoridades israelenses serão mantidas “em guarda” para garantir que seus soldados “não sejam prejudicados” pelos passos tomados pelo TPI. EFE

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e