Presidente de Cuba condena sanções contra a Rússia

O presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, condenou nesta sexta-feira as sanções do Ocidente contra Rússia e Belarus e fez um apelo em prol de uma maior cooperação entre o país caribenho e a União Econômica Eurasiática (UE), liderada por Moscou.

“Cuba se opõe a medidas coercitivas unilaterais contra a Rússia e Belarus, que agravam a situação econômica regional e internacional e dificultam as possibilidades de desenvolvimento para nossos povos”, disse o líder cubano em uma mensagem de vídeo transmitida durante a cúpula da UEE, realizada em Bishkek, no Quirguistão. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e