Presidente da Ucrânia pede que Ocidente não alimente o pânico em seu país

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, pediu nesta sexta-feira ao Ocidente que não alimente o pânico sobre um eventual ataque iminente da Rússia, uma vez que está sendo criada a sensação de que há tanques nas ruas do país e as pessoas estão fugindo, quando não é esse o caso.

Esse apelo para que haja informações equilibradas sobre a atual tensão na fronteira – onde a Rússia já acumula mais de 100.000 soldados russos – também foi transferida diretamente ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, segundo disse Zelensky em entrevista coletiva hoje com a mídia estrangeira. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e