Presidente da COP26 diz que “falta uma montanha a ser escalada” para um pacto

O presidente da 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26), o britânico Alok Sharma, admitiu nesta terça-feira que, mesmo que progressos tenham ocorrido, “falta uma montanha a ser escalada” para alcançar um acordo nesta cúpula que permita manter viável o objetivo de limitar a 1,5 grau Celsius o aquecimento do planeta neste século.

“Estamos fazendo progressos, mas ainda há uma montanha a ser escalada nos próximos dias. O que já foi acordado coletivamente é um progresso, mas não tudo o que é necessário para manter o objetivo de 1,5 grau ao alcance”, disse no comparecimento diário da presidência britânica à imprensa. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e