Premiê haitiano demite procurador que pediu sua investigação no caso Moise

O primeiro-ministro do Haiti, Ariel Henry, anunciou nesta terça-feira a demissão do procurador Bel-Ford Claude, horas após ele ter pedido a um juiz que abrisse uma investigação sobre o chefe do governo como suspeito pelo assassinato do presidente Jovenel Moise.

Henry comunicou a demissão do procurador em carta datada de ontem, mas divulgada hoje pelo governo, em que a saída dele é justificada por suposta “má conduta administrativa grave” cometida por Claude. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e