Polícia entra em confronto com grupos negacionistas e neofascistas em Roma

A polícia da Itália dispersou neste sábado uma violenta manifestação realizada em Roma, para protestar contra o passaporte sanitário da covid-19, que teve a presença de grupos neofascistas, que utilizaram bombas de fumaça e invadiram a sede de um sindicato.

Cerca de 10 mil pessoas, de acordo com a imprensa local, se concentraram durante a tarde (hora local), na Piazza del Popolo, no centro da capital italiana, para atacar as restrições impostas devido à pandemia, e também proferir insultos contra o governo e jornalistas. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e