Polícia do Rio prende chefe do tráfico do Mato Grosso do Sul em Copacabana

O traficante teria “diversas anotações criminais, incluindo tentativa de homicídio, roubo, tráfico de drogas, furto e posse ilegal de arma”

A Polícia Civil do Rio de Janeiro divulgou a prisão, no domingo (24), do que seria um dos chefes do tráfico de drogas no estado do Mato Grosso do Sul.

O homem, cujo nome não foi divulgado, foi preso na capital fluminense após chegar a um hotel em Copacabana vindo de um passeio ao Cristo Redentor, segundo a Polícia.

Em nota, a corporação disse que a captura do criminoso ocorreu após “troca de informações entre a Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme), a Diretoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Mato Grosso do Sul e a Agência Brasileira de Inteligência (Abin)”.

O traficante teria “diversas anotações criminais, incluindo tentativa de homicídio, roubo, tráfico de drogas, furto e posse ilegal de arma” e atualmente responde a um processo por organização criminosa e tráfico de drogas. Também havia contra ele um mandado de prisão por porte ilegal de armas.

Ainda segundo a Polícia Civil do Rio de Janeiro, o criminoso havia sido preso em 2017 por ser apontado como “um dos chefes da organização criminosa envolvida em um esquema em que carros roubados eram levados para a fronteira do Mato Grosso do Sul e trocados por drogas”, mas teria saído em 2021 durante um benefício e não retornado ao regime fechado.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e