Polícia Civil investiga vídeo em que mulheres são agredidas no Rio

A gravação, feita pelos próprios suspeitos, mostra três jovens sentadas no chão sendo coagidas a confessar que estão se encontrando com os milicianos

A Polícia Civil investiga um vídeo que circula nas redes sociais desde terça-feira (4) em que três mulheres aparecem sendo agredidas. Segundo relatos, a agressão foi cometida por criminosos envolvidos na venda de drogas da comunidade Grão-Pará, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. As vítimas, aparentemente, teriam se envolvido com milicianos de Campo Grande, na zona oeste.

A gravação, feita pelos próprios suspeitos, mostra três jovens sentadas no chão sendo coagidas a confessar que estão se encontrando com os milicianos. No vídeo, as mulheres são agredidas e uma delas tem o cabelo cortado. Um dos agressores também atira para o alto na intenção de intimidar as vítimas.

A Polícia Civil informou que o caso sendo está sendo apurado pela 56ª DP (Comendador Soares). As imagens gravadas também estão sendo analisadas na intenção de levantar informações que levem a autoria do crime.

Por

Webjornal O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e