Plano para sabotar eleições na Venezuela é frustrado, garante ministro

O ministro do Interior e da Justiça da Venezuela, Remigio Ceballos, afirmou neste sábado que as forças de segurança do país impediram o avanço de um plano para sabotar a realização das eleições regionais e locais que acontecerão no país no dia 21 deste mês.

“Devo informar sobre a neutralização de um grupo terrorista que tentava cometer uma sabotagem nas instalações do CNE (Conselho Nacional Eleitoral), em Mariche”, afirmou o integrante do governo, em pronunciamento exibido pela emissora estatal de televisão “VTV”. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e