PF vai reforçar vigilância de fronteira em nove estados

Força Nacional também vai participar das ações

Cerca de 300 integrantes da Polícia Federal e da Força Nacional reforçarão pontos de fronteira em nove estados por meio da Operação Fronteira Segura, anunciada pelo Ministério da Segurança Pública nesta quinta-feira (19).

A distribuição do efetivo será feita nos postos avançados de fronteira, conforme necessidade operacional e planejamento da PF, tendo como base a cidade de Campo Grande (MS), onde será instalado o comando responsável pelo apoio operacional e administrativo. Os estados que receberão efetivo inicialmente são Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Rondônia, Roraima e Santa Catarina.

O suporte da Força Nacional à PF nos postos de fronteira será feito até o fim de novembro, prazo que pode ser prorrogado. Além desses novos apoios em cidades como Oiapoque (AP), Tabatinga (AM), Epitaciolândia (AC), Guajará-Mirim (MS) ou Paraíso (SC), a Força Nacional já dava suporte à PF, desde 2017, em Pacaraima (RR), Caarapó (MS) e Foz do Iguaçu (PR).

A Força Nacional é um programa de cooperação federativa entre União, estados e Distrito Federal criado para prestar apoio aos entes federativos contra o crime e a violência em qualquer ponto do país. Ela é coordenada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do Ministério da Segurança Pública (MSP), ao qual também é subordinada a Polícia Federal.

Por

Webjornal O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e