PF prende suspeito de invadir sistemas do Tribunal Superior Eleitoral

O site do TSE foi invadido por hacker em 15 de novembro, o que resultou no vazamento de dados de servidores e ex-ministros da Corte

Operação da Polícia Federal, em conjunto com a polícia de Portugal, prendeu neste sábado (28) um suspeito de participar da invasão de sistemas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Fontes do Tribunal confirmaram que a prisão foi realizada em Portugal e teria relação com a invasão ao sistema do TSE ocorrida antes do primeiro turno da eleição.

O site do TSE foi invadido por hacker em 15 de novembro, o que resultou no vazamento de dados de servidores e ex-ministros da Corte. Desde então, a polícia vinha investigando a invasão.

Além da prisão em Portugal, a PF realizou buscas também no Brasil, onde foram cumpridos três mandados de busca e apreensão em Minas Gerais e São Paulo. As buscas foram autorizadas pela Primeira Zona Eleitoral do Distrito Federal.

A prisão foi realizada na véspera do segundo turno das eleições municipais, marcadas para este domingo (29).

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e