PF investiga grupo criminoso que contrabandeava cigarros do Paraguai

Um grupo criminoso especializado no contrabando de cigarros do Paraguai, e que usava carros alugados para a prática do crime, é alvo da Operação Smoke Rent, deflagrada na manhã desta sexta-feira (11), pela Polícia Federal.

“A estimativa é de que o grupo tenha transportado cerca de 200 mil maços de cigarros no período investigado, de março a outubro deste ano, com evasão de mais de R$ 1 milhão em tributos e multas junto à Receita Federal”.

Foram detectados 20 veículos com os quais foram feitas ao menos 25 viagens ao país vizinho, durante o período das investigações.

Segundo a PF, a quadrilha, formada por oito pessoas, usava carros alugados na tentativa de burlar a fiscalização nas rodovias e evitar a apreensão de carros próprios.

Os policiais federais estão cumprindo dez mandados de busca e apreensão em endereços ligados aos investigados na cidade de Curitiba e região metropolitana. As medidas judiciais foram expedidas pela 9ª Vara Federal da capital paranaense.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e