Pedidos de demissão batem recorde em março de 2022

Foram mais de 603 mil desligamentos voluntários durante o período

O mercado de trabalho registrou recorde em pedidos de demissão de trabalhadores brasileiros no mês de março deste ano.

Foram mais de 603 mil desligamentos voluntários durante o período, segundo levantamento da LCA Consultores, que levou em conta os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Isso mostra que mesmo com o fraco desempenho do mercado de trabalho e o desemprego atingindo 12 milhões de brasileiros, muitos trabalhadores estão deixando seus empregos voluntariamente.

Os especialistas dizem que o número reflete as sequelas causadas nos dois primeiros anos de pandemia, nos quais muitas pessoas acabaram perdendo o emprego e aceitaram trabalhos que não necessariamente eram das suas áreas.

Agora, os especialistas afirmam que com o mercado um pouco mais aquecido, os trabalhadores voltaram a procurar serem inseridos no mercado de acordo com suas especialidades.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e