Parlamento Europeu não observará segundo turno das eleições no Equador

O Parlamento Europeu (PE) sublinhou nesta quinta-feira que a instituição não enviará observadores ao segundo turno das eleições gerais no Equador, que serão realizadas no próximo domingo, e lembrou que se algum deputado decidir testemunhar, o fará, portanto, a título pessoal.

“O PE não observará o segundo turno das eleições presidenciais no Equador e, portanto, não fará comentários nem sobre o processo nem sobre os resultados”, afirmaram os eurodeputados David McAllister e Tomas Tobé, co-presidentes do Grupo de Apoio à Democracia e Coordenação Eleitoral do Parlamento Europeu. EFE

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e