Parada do Orgulho LGBT terá 8 horas de atrações online

O encerramento será com show da cantora Pabllo Vittar

Pelo segundo ano seguido, a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo será transmitida pela internet, devido à pandemia de Covid-19. O evento vai exibir oito horas de programação neste domingo (6), com debates, a partir das 14h, e encerramento com show da cantora Pabllo Vittar.

A dupla Diva Depressão vai mostrar os bastidores das atrações junto a um grupo de apresentadores formado por Lorelay Fox, Spartakus, Nátaly Neri, Mandy Candy, Bielo, Lucas Raniel, Louie Ponto, Jean Luca, Tchaka e Alberto Pereira Jr.. O evento poderá ser acompanhado por sua página oficial do Youtube

O tema desta edição é HIV/Aids: Ame + Cuide + Viva +. Entre os convidados, está a co-vereadora de São Paulo Paulo Coralina Iara, que vive com HIV, e os médicos infectologistas Vinícius Borges e Rico Vasconcelos.

“É um alerta para a sociedade combater os estigmas e preconceitos que cercam o vírus, mas também é um convite para celebrar a vida, a alegria e a união das pessoas LGBTQIA+ e de toda a sociedade, principalmente neste momento em que o país ainda enfrenta, a duras penas, a pandemia do coronavírus”, diz a organização do evento.

Apoiam o evento neste ano o Programa Conjunto da Organização das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids), a Associação Brasileira Interdisciplinar de Aids (Abia), Grupo de Incentivo à Vida (Giv), Grupo Pela Vidda SP, Fórum das ONG Aids do Estado de São Paulo (Foaesp), Rede de Jovens SP+, Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV e Aids  e o Movimento Paulistano de Luta Contra a Aids (Mopaids).

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e