Otan vê desmobilização militar da Rússia com “cauteloso otimismo”

O secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, se manifestou nesta terça-feira sobre o anúncio de desmobilização de tropas da Rússia na fronteira com a Ucrânia e com a possibilidade de que seja mantida uma via diplomática na região.

“Há sinais vindos de Moscou de que a diplomacia deve continuar. Isso dá motivos para um cauteloso otimismo. Mas, até o momento, não vimos nenhum sinal de desescalada no território”, indicou o líder da organização, em entrevista coletiva que antecedeu o início da reunião entre ministro da Defesa dos países aliados, em Bruxelas. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e