operação na Maré resulta em 19 presos e armas apreendidas

Os policiais apreenderam fuzis, granadas, silenciadores, grande quantidade de drogas e dezenas de carros e motos roubados

Uma grande operação da Polícia Civil, na manhã desta terça-feira (27), resultou na prisão de 19 pessoas e na apreensão de drogas e armamentos, no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro. A ação reuniu dezenas de policiais e visava capturar acusados de participação em diversos crimes, entre homicídios e assaltos.

Outro objetivo era prender pessoas envolvidas na morte do menino Leônidas Augusto da Silva de Oliveira, de 12 anos, no dia 9 de outubro deste ano, durante troca de tiros. Os policiais apreenderam fuzis, granadas, silenciadores, grande quantidade de drogas e dezenas de carros e motos roubados.

Os agentes também descobriram um depósito clandestino com 30 toneladas de produtos falsificados, como brinquedos, avaliados em R$ 20 milhões, e 200 mil mochilas falsificadas.

De acordo com o subsecretário de Planejamento e Integração Operacional da Polícia Civil, delegado Rodrigo Oliveira, os policiais identificaram a existência de uma grande e estruturada organização criminosa no Complexo da Maré, nas comunidades Nova Holanda e Parque União, ambas controladas por uma das maiores facções criminosas do Rio de Janeiro.

“Essas localidades são um verdadeiro QG do crime organizado na cidade do Rio de Janeiro, servindo de base operacional, entreposto na distribuição de armas e drogas, planejamento e execução de grandes roubos de cargas, e ainda serve de esconderijo para criminosos de diversas regiões do estado controladas pela mesma facção criminosa”, detalhou Rodrigo Oliveira.

Por

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e