Operação da PF coíbe contrabando de cigarros eletrônicos no DF

A comercialização, importação e propaganda de cigarros eletrônicos ou “quaisquer dispositivos eletrônicos para fumar” são proibidos no Brasil por determinação da Anvisa

A Polícia Federal deflagrou, hoje (30), a Operação Tabaco Trend, com o objetivo de “coibir o delito de contrabando de cigarros eletrônicos no Distrito Federal”. De acordo com os investigadores, dois mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos.

Em nota, a PF informa ter identificado, ao longo das investigações, locais onde os cigarros eletrônicos estariam sendo comercializados na Feira dos Importados de Brasília.

“As evidências encontradas até o presente momento mostram indícios da prática do crime de contrabando de cigarros eletrônicos, sem descartar a possibilidade de, ao final, se comprovar que os fatos foram praticados por associação ou organização criminosa”, detalhou a PF, que seguirá nas investigações a fim de identificar os autores do delito.

Segundo a PF, comercialização, importação e propaganda de cigarros eletrônicos ou “quaisquer dispositivos eletrônicos para fumar” são proibidos no Brasil por determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O material apreendido será encaminhado à Receita Federal. A operação contou com o apoio da Vigilância Sanitária do Distrito Federal e das policias Civil e Militar.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e