ONG afirma que Cuba mantém atualmente 1.027 presos políticos

A organização não governamental Prisoners Defenders (PD) divulgou nesta quinta-feira que há neste momento 1.027 prisioneiros políticos em Cuba, a maioria deles, 894, detidos durante protestos realizados em julho do ano passado.

A entidade publica mensalmente a lista de prisioneiros políticos na ilha caribenha, denunciou que 38 dos condenados são menores de idade, o que inclui crianças de 13 anos. Além disso, 42% dos detidos são acusados de sublevação. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e