Onda de calor extremo afeta desde a Patagônia ao norte da Argentina

A região central da Argentina, onde fica Buenos Aires, começou a sofrer uma “semana de extremo calor” que se estenderá até o norte do país, segundo o Serviço Meteorológico Nacional (SMN), com temperaturas que podem ultrapassar 42 graus Celsius.

“O que temos tido desde a última sexta-feira é uma massa de ar muito quente que está afetando do norte da Patagônia ao norte do país, o que gera um período prolongado de temperaturas extremas”, disse nesta segunda-feira Cindy Fernandez, porta-voz do SMN. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e