OEA adverte que emigração venezuelana pode superar a síria em 2022

A Organização dos Estados Americanos (OEA) advertiu nesta quinta-feira que a emigração venezuelana pode chegar a sete milhões de pessoas até o fim de 2021 ou o início de 2022, superando o êxodo da Síria, considerado o maior do mundo, com 6,7 milhões de refugiados que saíram do país.

Segundo um relatório divulgado pelo Grupo de Trabalho da OEA para a Crise de Migrantes e Refugiados Venezuelanos, “se não houver uma solução política, econômica e social no curto prazo, a estimativa é que poderá haver mais refugiados venezuelanos do que sírios. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e