Óculos da estátua de Drummond são furtados em plena luz do dia

Na época, o monumento feito pelo artista plástico Léo Santana custou aos cofres públicos R$ 65 mil

O monumento de Carlos Drummond de Andrade teve os óculos furtados novamente, na terça-feira (26). Dessa vez, a ação de vandalismo aconteceu em plena luz do dia e na frente das câmeras de vigilância.

A escultura localizada no calçadão de Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro, é monitorada 24 horas pelo Centro de Operações da Prefeitura do Rio. De acordo com a Secretaria Municipal de Conservação, as imagens já foram entregues à polícia.

Desde a sua instalação, à beira mar, em 2002, a escultura foi vandalizada diversas vezes. Na época, o monumento feito pelo artista plástico Léo Santana custou aos cofres públicos R$ 65 mil.

Além dos óculos terem sido furtados mais de 10 vezes, também já foram registradas pichações, pinturas e outras depredações.

A Prefeitura do Rio de Janeiro informou através de nota que foi registrado um boletim de ocorrência e que a peça furtada ainda será orçada. A expectativa é de que os óculos de Drummond sejam repostos em um mês. CNN

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e